Planeie as Suas Férias no Alentejo e em Évora

Évora é a maior cidade do Alentejo e considerada, informalmente, a “capital” da região. A cidade tem-se estabelecido como um destino que os portugueses fazem questão de conhecer, para apreender a sua riqueza cultural e histórica, em que o Alentejo se mostra na sua forma urbana. Cidade concêntrica e acolhedora, como quase todas nesta província, Évora foi paragem de romanos e mouros e acolheu a segunda Universidade portuguesa. A praça do Giraldo convida a preguiçar nas esplanadas, apreciando o entardecer, enquanto se releCloister_in_Cathedral_Evora_Portugalmbram as páginas de “Aparição”, o romance de Vergílio Ferreira passado nestas ruas.

Uma viagem de férias ao centro do Alentejo beneficia com a meia-estação, na primavera ou no outono, uma vez que o calor do verão alentejano pode ser rigoroso. Não é por acaso que a Ovibeja, a grande feira agrícola e temática da região, acontece em maio. Se vier no verão, escolha um hotel com piscina, perto de Évora, que lhe permita gozar o sol e refrescar-se. Se escolher o inverno, confirme se o seu alojamento rural tem uma boa lareira e aqueça a a
lma com a gastronomia alentejana, acompanhada de um vinho de Borba!

A oferta de alojamento e restauração em Évora e nas cidades e vilas do Alentejo central é variada. Deixamos aqui algumas sugestões:

Restaurantes e Hotéis em Évora

  • Adega do Alentejano
  • Mercado do Marisco
  • O Fialho
  • Tasquinha do Oliveira
  • Hotel D. Fernando
  • Hotel M’AR de AR Muralhas
  • Pensão Policarpo (“guesthouse” familiar)
  • Évora Hotel

Restaurantes e Hotéis no Alentejo

  • Em Estremoz, o hotel Páteo dos Solares e o restaurante São Rosas estão situados no centro histórico desta antiga cidade militar e de fronteira.
  • Suba às alturas de Marvão, na serra de S. Mamede. Tanto o hotel El Rei Dom Manuel como o restaurante Varanda do Alentejo lhe permitem perscrutar o horizonte, como o faziam os antigos defensores desta praça-forte.
  • O Alvito tornou-se mais conhecido depois do “videoclip” da música “Os Teus Passos”, de Benjamim. O seu castelo do século XV alberga uma Pousada.